jan 19, 2017
Tamy

Em 2017, seja a sua meta!

Olha quem voltou parar tirar as teias de aranha do blog? \o/

Sei que é de uma imensa cara de pau desejar Feliz Ano Novo no dia 19 de janeiro, mas como é de coração vocês vão me perdoar não é mesmo? 🙂 Então que o 2017 de vocês seja incrível!

Eu estive sumida por vários motivos. Um deles foi a reforma da minha cozinha que começou com um simples “acho que a caixa de gordura precisa de limpeza” e terminou com a troca do esgoto da casa toda e uma cratera no jardim que cabia um homem em pé dentro. Como o estrago já estava feito, eu, ariana, decidi que era uma boa hora para colocar azulejos na cozinha e pintar toda a parte dos fundos.
Claro que faríamos isso só eu e o maridão.
Em dezembro.
Com mil festas e compromissos.
Tinha como dar certo? Claro que não! Então fica a dica: reforma em dezembro é cilada Bino!

Sobrevivemos e a cozinha ficou linda a tempo de passar o Réveillon feliz e saltitante escutando Rolling Stones.

Depois veio janeiro e eu estava super envolvida com o trabalho. Como algumas vezes meu trabalho inclui usar capacete, óculos, protetor auricular e botinas, não era muito inspirador ou glamouroso para ser relatado ou postado. 😛

Toda essa introdução é para explicar porque eu sumi e dar meu recado para o início de 2017.

Tenha metas

Nunca fui de fazer resoluções de Ano Novo, mas em 2016 eu estava super na vibe A Mágica da Arrumação (Marie Kondo)  e O Poder do Hábito (Charles Duhigg) e decidi fazer uma pequena lista sem compromisso. Ela tinha 20 itens e mudou minha vida.

Para começar, ler esses e outros livros sobre organização de fato me ajudaram a ser mais organizada. Muito mais que comprar organizadores para o armário ou ler blogs sobre arrumação. Com a casa e a vida mais organizada consegui otimizar meu tempo para investir em coisas que eu gosto (como yoga, esportes, música, costura e decoração) e comecei a comprar menos, já que passei a ter mais clareza do que tenho nos armários (do closet e da cozinha). Também descobri que não precisava de tantos produtos de limpeza para ter uma casa brilhando e que investir em viagens é bem mais legal que ter uma pilha de sapatos (meu ponto de vista, o seu pode ser diferente e eu respeito). Só aí já matei 9 pontos que me incomodavam na vida e foram parar na minha lista de resoluções de 2016.

Cheguei ao final do ano concluindo com sucesso 15 dos itens, 4 ficaram parcialmente concluídos e 1 ficou esquecido (adivinha qual? o blog!).
De 20 itens, falhei em apenas 1 e alguns fui muito além do que poderia imaginar. Terminei 2016 satisfeita comigo e com minhas mudanças, senti a evolução e comecei 2017 cheia de ânimo e projetos para abraçar.

Voltei aqui para tirar as teias de aranha e tentar concluir aquele item que ficou esquecido, mas antes precisava compartilhar com vocês isso que melhorou tanto a minha vida: TER METAS. Claro que você já escutou isso na TV e leu mil artigos a respeito, mas quando a dica vem de uma amiga a gente dá mais atenção, né?

O truque

O que talvez não tenha se destacado nesses artigos é o mais importante: VOCÊ. Eles geralmente falam sobre economizar dinheiro para se aposentar ou conseguir o emprego dos sonhos, mas geralmente não comentam sobre a base para você conquistar e ser feliz com tudo isso é o equilíbrio.

De nada adianta ter um montão de dinheiro guardado ou a carreira almejada se você não tem tempo/saúde para desfrutar de tudo isso. A vida não se resume ao material e há alguns vazios que não se preenchem com compras.

O grande truque para cumprir suas metas em paz, feliz e saltitante é equilíbrio. Não liste apenas coisas que envolvem dinheiro ou que dependam de fatores externos (quero o emprego X, quero namorar, por exemplo), lembre que o mais importante é você, então sua lista precisa considerar:

 O que você gosta de fazer quando não está trabalhando? Ler? Rabiscar? Então inclua pelo menos um item sobre isso!
Como está sua saúde? Alguma coisa dói? Está infeliz com algo? Trate de correr atrás desse bem tão precioso. Talvez isso envolva começar aquela atividade física ou a reeducação alimentar que você está adiando há um tempão. Bora colocar isso na lista!
Você é feliz com sua carreira? Se não é, trace um plano do que é preciso para ser feliz. Seja estudar, mudar de emprego ou de área. Com o plano traçado, é hora de começar a colocar em prática: estudar, buscar reposicionamento ou repensar.
Acalme sua mente! Falamos da saúde do corpo, mas a saúde mental também é importante e costumamos só dar importância quando estamos à beira do abismo ou com o stress refletindo no corpo em forma de doenças. Tire um tempo para cuidar da mente, meditação é um excelente caminho e há várias formas de fazer, você encontrará o seu jeitinho. 🙂
• Já considerou fazer algo por alguém? Em 2017 completo 10 anos de trabalho voluntário ininterrupto e posso dizer que nada é mais gratificante do que fazer algo sem esperar recompensa, apenas pelo bem de alguém ou de uma causa. Atualmente mais de 1 bilhão de pessoas são voluntárias em todo o mundo. Se tanta gente assim decidiu que é bom doar um pouco de tempo e amor à uma causa, isso deve ser muito bom, concorda?
Qual o seu sonho? Por que você ainda você ainda não o realizou? Como chegar até lá?

Coloque essa lista no seu celular e/ou em um lugar visível vá acompanhando ao longo do ano. Inclua apenas itens que você possa cumprir em um ano (em caso de objetivos de longo prazo, anote os passos para chegar lá). É difícil correr atrás de todos os objetivos do ano em outubro, mas nós estamos em janeiro e você tem 11 meses e meio para se sentir produtiva, útil, organizada e bem sucedida!

Meus planos para 2017

Depois desse baita texto, é meio óbvio que fiz uma lista de resoluções para 2017 e já comecei a colocar em prática. Vou compartilhar duas delas com vocês (é legal dividir as metas com amigos/família para que eles te incentivem!)

Correr meia-maratona:

Fui nadadora por um bom tempo, mas nunca fui boa correndo. No ano passado comecei a praticar yoga e ela me ajudou muito a transformar minhas caminhadas em pequenas corridas. Agora eu quero tentar concluir uma meia-maratona (sou ousada 😛 ), vamos ver se o corpo ajuda. São 21 km e a Pati Pontaldi está nessa comigo!

Fazer algo que eu gosto

E que não seja ver seriado 😀 porque isso eu tiro de letra. Esse ano escolhi retomar o bordado (depois de 20 anos) e o primeiro já está quase pronto!

Quais suas metas para 2017?

A tirinha clássica da Mafalda diz tudo. As pessoas precisam ser melhores. Mas a única pessoa que podemos mudar no mundo somos nós mesmas, os outros podemos inspirar com nossos exemplos e conquistas.

A hora de melhorar é agora!
Quais as suas metas para 2017?

9 Comments

  • Oi, sumida!
    Tava achando q o blog ia ser aposentado. Que bom q não 🙂
    Ai, eu sempre faço um monte de planos e acabo não fazendo tudo o que eu gostaria… a correria é foda. Sei que falta um pouco mais de querência da minha parte. Vou me inspirar em vc.
    E eu quero dicas pra reformar a casa sem pedreiros!!! Minha casa precisa de vários reparos e eu não sei nem por onde começar
    Bjsss

    • Eu pensei de verdade em fazer isso, não estou desiludida nem revoltada com nada, apenas não sentia mais vontade de me expressar dessa forma. 🙂 Mas talvez o problema não seja a forma, mas o conteúdo. Não sou mais a pessoa que era no início e para que me anime novamente com o blog, precisarei reformular. Estou pensando nisso 🙂 mas sem aposentadoria por enquanto.

      O primeiro e mais importante passo é saber exatamente o que vc gostaria de fazer e colocar isso no papel (materializar), depois você irá priorizando. Algumas vezes é preciso abrir mão de uma coisa para se ter outra. Eu queria costurar, tive que abrir mão de alguns seriados, mas valeu a pena.

      Sobre a reforma, tem muitos tutoriais e vídeos pela internet. Até um blog chamado Mulher Pedreira hahahah que é ótimo! A gente vai aprendendo e muitas vezes o trabalho sai melhor que o profissional. O rejunte que eu fiz ficou muito melhor que o do pedreiro!
      Também tem alguns cursos para coisas mais técnicas como elétrica e hidráulica. Aqui em Porto tem cursos só para mulheres, vou fazer um post sobre isso!

      Beijos e sucesso!

  • Tô desde o dia 01/01 pensando em fazer uma lista de metas, mas ainda não tomei vergonha para fazer.

    Comecei um projeto de costura e não terminei…. acho que to empacando já no início do ano.
    Tomara que eu esteja enganada.

    • Nunca é tarde pra fazer uma lista <3 comece a sua e coloque itens fáceis de vencer para que tenha ânimo para seguir!
      Boa costurar! Eu estou bordando! Vamos juntas!

      Beijosss

  • Bom te ver de volta!
    Ano passado decidi encontrar as amigas com mais regularidade e aproveitar o que elas podem me oferecer, sem ficar tão decepcionada com o que elas não podem. Com a radicalização das opiniões (política PTxBolsonaro, pena de morte ou Maria do Rosário, Brasil ame-o ou deixe-o…) eu me afastei de algumas amizades e acabei sentindo falta. Aí entendi que não é radicalizando eu também que alguma coisa vai melhorar. Quando encontro com um grupo com opiniões muito diferentes das minhas, simplesmente não deixo discutirem assuntos polêmicos 🙂
    (Obvio que se a amizade só traz coisa pesada, é melhor ficar afastada! Isso também é importante.)

    • Adorei sua contribuição e sua visita Francisca!
      Concordo contigo: nos últimos tempos muitas pessoas se afastaram por opiniões radicais, gente que costumava se gostar e deixou que uma bobagem interferisse. Não precisamos concordar em tudo, apenas respeitar e discordar amigavelmente. Não vale a pena se afastar de quem amamos por um fator externo.
      Eu costumo engolir muitos sapos para viver bem, principalmente em família. O bom é que a gente aprende a trabalhar a paciência e a tolerância, não é mesmo?

      Vâmo que vâmo, rumo a um 2017 ainda melhor!

      Beijos e feliz ano novo!

  • PARE DE SER MARAVILHOSA!!

    Eu achava essa coisa de metas e pensamento positivo meio balela, até levar a sério e realmente funcionar!! <3

    Quero ver vc correndo a São Silvestre agora! Hahahahhaha

    • É verdade, existe e afeta nossas vidas. Infelizmente é o tipo da coisa que a gente só sente que funciona quando coloca em prática né?
      Quem sabe um dia eu tento a São Silvestre <3 seria uma alegria terminar uma prova tão clássica.

      Ah: AMEI SUA CIA! Obrigada!

  • feliz por você ter voltado para tirar as teias de aranha do blog. hauhauha Li os posts novos 🙂

Leave a comment

publicidade

Histórico de posts