Browsing articles in "Publieditorial"
fev 6, 2014
Tamy

Dicas para organizar o armário, conservar as roupas e aproveitar melhor as peças

Não importa se é grande ou pequeno, todos tem um armário para as roupas e mantê-lo organizado ajuda na conservação e no aproveitamento das peças. Manter tudo em seu devido lugar não é uma tarefa fácil, mas ajuda a ter uma ideia dos looks possíveis e a exercitar a criatividade montando várias combinações com a mesma peça.

Confira alguns truques para manter o armário organizado:

1. Cabides iguais deixam o visual do armário mais leve e organizado. Use os modelos corretos para cada peça: os com grampos para saias, os de madeira para casacos e camisas sociais e os de veludo para vestidos e blusinhas. Utilizar um cabide por peça facilta na hora de encontrar uma roupa.

2. Caixas podem ser ótimas aliadas para peças menores, acessórios e itens que são pouco usados. Você pode guardar cintos, meias-calças e até vestidos de festa. Procure utilizar caixas do mesmo tamanho para que encaixem perfeitamente.

3. Colméias otimizam o espaço na gaveta de meias e de lingerie. São baratinhas e fáceis de adaptar ao tamanho do seu armário.

4. Lenços e cachecóis podem ser amarrados a um cabide, facilitando a visualização.

5. Sapatos precisam respirar! Depois de usá-los, espere algumas horas antes de guardar e não utilize sacos ou caixas plásticas sem ventilação que podem acabar em mofo. Não empilhe sapatos fora de caixas, pois eles podem deformar.
6. Camisetas podem ser guardadas em pilhas, enroladinhas ou em pé. Tudo depende da quantidade de peças que você tem. Se optar pela pilha de camisetas, lembre-se de retirar todas na hora de escolher, puxar uma peça do meio pode bagunçar as demais.
7. Muitas vezes temos acessórios que ficam guardados e esquecemos de usar. Um bom truque é usar ganchos auto-adesivos no armário. Isso ajudará a visualizar o acervo e certamente facilitará a escolha.

8. Separe as peças de verão e inverno. Lembre-se de sempre lavar as roupas antes de guardar por um longo período.

9. Pratique o desapego. Não adianta guardar um montão de roupas que não serão usadas. Doe, venda, troque. Coloque este armário em movimento! 🙂

10. Sacos a vácuo são excelentes para reduzir o volume das peças que não serão usadas por um longo período. Porém tecidos como seda, viscose, acetato e alguns tipos de poliéster podem ter suas fibras danificadas no processo. Algodão, linho e lã funcionam super bem com este tipo de processo.

– – –

Problemas com manchas? Confie no rosa! Para dicas de como manter suas roupas limpas acesse Vanish É de Casa


jan 30, 2014
Tamy

Look do dia: saia e top cropped

Caprichar no visual na estação mais quente do ano não é tarefa fácil. Investir nos acessórios e em peças fresquinhas e charmosas ajuda a fazer bonito também no verão. A dupla regata + saia pode ter um colar ou um lenço como aliados. Bijus coloridas darão alegria ao look.

Na hora da maquiagem, menos é mais, principalmente para quem não tem um ar-condicionado como guardião. É hora de guardar tudo que derrete ou substituir por produtos à prova d’água.

O suor e a maquiagem (que derreteu) podem causam manchas nas roupas, neste post dei algumas dicas para evitá-las. Mas se o estrago já foi feito, um alvejante à base de oxigênio pode ajudar com roupas brancas ou coloridas.

Bom verão! 🙂

• Regata Farm
• Saia C&A
• Colar Bruna Heemann
• Anel Laços de Filó
• Lenço Scarf Me
• Sandália Cecconello

– – –

Problemas com manchas? Confie no rosa! Para dicas de como manter suas roupas limpas acesse Vanish É de Casa


jan 23, 2014
Tamy

Turismo ecológico pertinho da capital gaúcha

Que tal aproveitar as férias para fugir do calor da cidade grande e curtir a natureza? Um ótima opção é renovar as energias nas águas das cascatas que ficam a alguns quilômetros da capital gaúcha.

Vale do Paranhana – Rolante e Riozinho

Turismo ecológico, cucas deliciosas e paisagens de tirar o fôlego são um pouco do que oferece a região repleta de paredões de rocha vulcânica. Só em Riozinho são mais de 30 cascatas e cachoeiras.

A mais famosa é a Cascata do Chuvisqueiro, com 76 metros de altura, onde é possível praticar rapel ou apenas se banhar nas águas geladas do Rio Rolante. A entrada é gratuita e o local oferece estrutura com bar e banheiros.

Foto: Daniel Peppes Gauer 

A Cascata das Andorinhas foi meu destino no último domingo. Lá a queda d’água de 15 metros de altura fica em uma espécie de caverna. Para chegar ao local é necessário caminhar cerca de 1,5km por uma trilha na mata.
A entrada é gratuita, mas não oferece estrutura. Leve seu lanche e não esqueça de recolher todo o lixo antes de voltar para casa 🙂

Foto: Zé Roberto Muniz

 

Reserva Ecológica da Família Lima (entre Dois Irmãos e Sapiranga)

Foto: divulgação

A Reserva Ecológica da Família Lima fica a cerca de 60km de Porto Alegre e oferece atrativos como rapel, tirolesa e cinco cascatas que formam piscinas naturais.
Com estrutura para recreação, também é possível fazer trilhas ecológicas. O local oferece estacionamento, lancheria e guarda-vidas. A entrada custa R$14 (pagamento apenas em dinheiro, não aceitam cartões).

Maquiné e Osório

A cidade de Osório é famosa entre os adeptos do vôo livre, mas também oferece atrativos naturais para quem prefere algo menos radical.

A Cascata da Borússia fica no mesmo morro de onde saltam os praticanes de asa delta e paraglider. A entrada é feita pelo Km 98 da BR 101.

Foto: Setur

Em Maquiné há várias cachoeiras e cascatas que são uma ótima opção para quem deseja fugir do burburinho das praias. A Cascata Garapiá é a mais famosa e o acesso é feito por estrada de chão. O visual é deslumbrante.

Foto: Lucas Scherer

Dicas para curtir a natureza com tranquilidade:

• Protetor solar e água são indispensáveis;
• Um repelente pode ajudar nos trechos que envolvem trilhas;
• A maioria dos locais não possui guarda-vidas, então tome cuidado com a profundidade, correnteza e principalmente ao saltar;
• Nunca nade sob efeito de álcool;
• Não esqueça de levar uma sacolinha para recolher o lixo;
• Leve lanches leves e fáceis de carregar.

Boas férias!

– – –

Problemas com manchas? Confie no rosa! Para dicas de como manter suas roupas limpas acesse Vanish É de Casa


jan 16, 2014
Tamy

Em um relacionamento sério com a saia roxa (ou como cuidar de roupas coloridas)

Meu armário é como uma imensa caixa de lápis de cor. Até me esforço para comprar roupas em tons neutros, mas sempre acabo vencida por uma corzinha.

Uma de minhas peças favoritas é uma saia longa roxa. Lembro de ter me encantado com ela em um momento de pouco dinheiro e muitas contas para pagar. Na época saias longas não estavam tão na moda quanto atualmente, por isso pude paquerá-la por muito tempo sem que ninguém percebesse nela um bom partido.

Meses se passaram até a loja entrar em liquidação e eu decidir que era hora de – eu e a saia – firmarmos um relacionamento sério. Vasculhei toda a loja atrás dela e… nada. A saia havia desaparecido! Fiquei triste e tentei superar com outra peça.

Tempos depois, final de liquidação, araras lotadas de coisas que ninguém quer. Geralmente é quando eu encontro as roupas mais bacanas. E lá estava ela! Era maior do que eu, foram necessários alguns ajustes, mas finalmente estavámos juntas!

Eu e a saia, a saia e eu.

Estamos juntas desde que eu era morena de cabelo raspado. Desde então eu fiquei loira, deixei o cabelo crescer, cortei, fiquei ruiva… A saia ficou famosa, foi ao SPFW e até saiu em algumas revistas. Mas nosso amor continua o mesmo.

Se você também tem um relacionamento sério com uma roupa colorida, é importante manter alguns cuidados para que a cor não desbote:

• Sempre siga as instruções da etiqueta (tem post falando sobre isso aqui);

• Lave peças com cores escuras separadamente;

• Seque à sombra e na hora de passar, escolha a temperatura adequeada ao tipo de tecido. Alguns tecidos escuros ficam “brilhosos” por causa do ferro, neste caso o ideal é passar pelo avesso ou colocar um lençol sobre a peça na hora de passar;

• Não utilize água quente na lavagem, alguns corantes podem desbotar;

• O sal e o vinagre não servem só pra temperar a salada! Você pode utilizá-los para cuidar das roupas. Experimente deixar o peça de molho com um pouco de sal antes da lavagem ou coloque algumas colheres de vinagre branco junto com o sabão. Ambos ajudam a manter as cores vivas.

• No caso de manchas, não use alvejantes com cloro. O melhor é testar um alvejante de oxigênio em um cantinho escondido e, se o resultado for satisfatório, aplicar sobre a mancha.

– – –

Problemas com manchas? Confie no rosa! Para dicas de como manter suas roupas limpas acesse Vanish É de Casa


jan 9, 2014
Tamy

Como guardar as roupas depois da festa

Como guardar as roupas de festa

Casamentos, formaturas e comemorações especiais costumam exigir figurinos que não são usados com frequência. Muitas vezes vestimos as roupas por poucas horas, guardamos e quando vamos usar novamente… surpresa! Manchas e até pequenos furos surgiram sem motivo aparente!

Isso acontece porque partículas imperceptíveis de suor, perfume e outras substâncias podem atrair fungos. Por isso é importante guardar as roupas do jeito correto, assim elas sempre estarão prontas para a festa.

Confira algumas dicas que poderão ajudar:

• Sempre que usar uma peça – mesmo que por poucas horas – ela deve ser lavada;

• Antes de lavar, leia as instruções da etiqueta. Aqui tem um post explicando o que significa cada um dos símbolos;

• Roupas de festa são confeccionadas em tecidos nobres e delicados, que podem rasgar com facilidade. Portanto evite a máquina de lavar;

• Peças com pedrarias necessitam atenção especial. Verifique se as pedrarias são coladas ou costuradas. Se forem coladas, é possível que elas caiam ao contato com a água. Neste caso, o melhor é recorrer a um serviço especializado;


Keira Knightley –  quem guarda tem! 🙂 (ela usou o mesmo vestido em 2008 no Bafta,
para casar em 2013 e em um evento beneficente, também em 2013)

• Parece bem estranho, mas existem roupas que não podem ser lavadas. Antes de comprar algo exótico, verifique a etiqueta!

• Machou só um cantinho? Cuidado! Antes de aplicar algum produto, faça um teste em uma parte que não fique visível. Um simples sabão pode causar desbotamentos irreversíveis;

• Na hora de guardar, deixe a peça do lado avesso e evite sacos plásticos. Sacos de TNT, tecido ou um papel de seda são boas opções. Caixas também são aliadas na conservação de peças especiais;

• Não pendure roupas com pedrarias, pois o peso pode deformar a peça;

• Odeia o cheiro de naftalina? Folhas de louro ou pimenta do reino em grãos também mantém as traças longe (trocar a cada 30 dias)!

• Se o seu armário ficar em um local úmido, utilize sachês com anti-mofo ou espalhe pedaços de giz nos cantos do móvel (trocar a cada 30 dias).

– – –

Problemas com manchas? Confie no rosa! Para dicas de como manter suas roupas limpas acesse Vanish É de Casa


Páginas:«12345678...13»

publicidade

Histórico de posts