Browsing articles in "Dicas"
jul 3, 2014
Tamy

Taxa para despacho postal: mais uma taxa para encomendas internacionais

Taxa para despacho postal

Quem recebeu encomendas tributadas no último mês se deparou com um custo adicional. A Taxa para despacho postal no valor de R$12,00 passou a ser cobrada pelos Correios a partir de 02/06/2014 e todas as encomendas com Nota de Tributação Simplificada (importação de até US$500 com alíquota única de 60%) deverão pagar esta taxa.

De acordo com os Correios, a Taxa para Despacho Postal se refere ao desembaraço aduaneiro. Quem já comprou na Asos ou costuma receber encomendas internacionais por empresas como a Fedex já paga uma taxa parecida.

A novidade fica por conta do aviso de chegada da encomenda, que agora vem por telegrama (que emoção, o primeiro telegrama que recebo NA VIDA é imposto ¬¬ ) com um prazo para retirada apertadíssimo. Se você não fica de olho para retirar na data, pode acabar pagando multa.

Minha dica para quem gosta de comprar chinesinhos e afins é dar uma boa olhada neste post, acompanhar o rastreio do objeto (gosto de usar este aplicativo) e assim que ele chegar à agência, ligar para verificar o valor e retirar dentro do vencimento.

Vale ressaltar que só pagará esta taxa quem teve a encomenda tributada. Quem passou sem tributação fica isento da tal taxa 😉

Minha opinião

Como vocês sabem, opinião é igual _____ (complete a lacuna com a parte do corpo de sua preferência), cada um tem o seu/sua. Como este blog é meu, deixo registrada a minha opinião.

Não me importo de pagar taxas, acho justo e como sempre deixei claro aqui no blog, antes de comprar recomendo que cada um calcule qual seria o imposto no caso da encomenda ser tributada para então refletir se o custo vale a pena.

Mas esta nova taxa dos Correios me intriga (negativamente) pelo fato de cobrarem um tributo para algo que costumavam fazer gratuitamente e que agora – segundo eles – precisam cobrar porque a demanda cresceu 400%.

Eu ficaria SUPER MEGA SATISFEITA de pagar estes 12 reais se realmente houvesse um “desembaraço aduaneiro” eficiente. Só que esta encomenda levou 2 meses desde sua chegada ao Brasil, cadê o desembaraço? A Fedex cobra uma taxa maior, mas o pacote estaria na minha casa em no máximo uma semana. Veja bem, na minha casa, eu não preciso ir até uma agência, retirar senha e aguardar uma eternidade até ser atendida.

Além da demora, ainda há o telegrama truculento que chega na minha casa em um dia e dá 24 horas para eu ir buscar o pacote sem pagar multa. Posso estar enganada, mas parece um bom modo de conseguir uma graninha extra cobrando multa.

Encerro dizendo adoraria saber até que ponto esta cobrança é legal.

Confira também:

Verdade ou mito? Compras abaixo de 100 dólares não podem ser tributadas?

abr 28, 2014
Tamy

Baratinhos da beleza: produtos de até R$20

Preciso dizer: estou em um relacionamento sério com o kabuki da Panvel. Ok, ele está meio encardido, mas ao menos inspirou este post de produtos de beleza que custam baratinho e eu amo. Todos testados e aprovados!

1. Demaquilante bifásico Isabela Capeto para Panvel: o demaquilante da Panvel é ótimo, mas a embalagem é muito grande. Esta versão para a coleção da Isabela Capeto é pequena, excelente para levar em viagens ou deixar na bolsa da academia. Custa R$5,94

2. Kabuki Panvel: a marca tem 2 kabukis, um de cerdas naturais que é duro, pinica a pele e solta pelos (detesto este!) e uma lindeza de cerdas de náilon que é fofinho, espalha a maquiagem super bem e custa baratinho. Na teoria ele é um pincel de pó, mas eu uso para base. R$18,90

3. Pantene Brilho Extremo: como eu uso muita pomada para modelar os fios, gosto de um xampu que ajude a eliminar tudo isso e o Pantene Brilho Extremo funciona bem como um anti-resíduos. O cabelo fica macio e brilhante! Só não uso com muita frequência porque ele também leva meu ruivo embora 😛 R$12 (em média) Resenha aqui

4. Bepantol Derma: ele dispensa apresentações, é ótimo para hidratar as cutículas, os cotovelos e (dizem) até os cabelos. Eu também gosto de passar nos lábios antes de dormir e quando a situação fica feia, passo também na região dos olhos. Ele ajuda bastante com as olheiras. Preço médio R$19.

5. Neutrogena Intensive pele extra seca: eu adoro os produtos da Neutrogena e este é ótimo para quem tem pele seca e sofre quando o frio chega. Ele custa cerca de R$10 e você encontra em farmácias e supermercados.

6. Batom Intense n.250 de O Boticário: quando meu Pink Noveau da MAC estava acabando, ganhei este batom da linha Intense e descobri que eles são quase gêmeos. Gostei tanto dele que nem comprei outro MAC! Ele é sequinho, tem acabamento mate e a cobertura é ótima. R$16 (resenha aqui)

Qual seu baratinho favorito? Deixem suas dicas 🙂

abr 24, 2014
Tamy

Vinagre, seu lindo!

Receitinhas caseiras não estão entre minhas favoritas, prefiro usar o produto específico para cada situação. Mas que o curioso caso das minhas toalhas de banho que fiavam duras não tinha solução, então resolvi apelar para o vinagre e foi milagroso!

Fiquei tão encantada que comecei a testar outras utilidades do vinagre e resolvi compartilhar com vocês, porque apesar de fedido, o danado funciona!

1. Amacia as roupas

Para lençóis e toalhas de banho, basta misturar 2 colheres de vinagre branco ao amaciante. As roupas ficam macias e perfumadas, o cheirinho de salada desaparece. Além disso, ele é bactericida 🙂

2. Tirar manchas

O vinagre também é ótimo para tirar manchas, basta misturar uma colher de sopa em um copo de água morna e aplicar alguns minutos antes da lavagem. No caso de manchas com gordura, acrescente algumas gotas de detergente de louça.

3. Evita o desbotamento e deixa as cores mais vivas

Acrescente 2 colheres de vinagre branco ao sabão na hora de lavar suas roupas coloridas. Ele evita o desbotamento e deixa as cores mais vivas.

4. Para lavar a máquina

Você sabia que a máquina de lavar também deve ser lavada? Isso evita o acúmulo de sujeira que pode manchar suas roupas e o cheiro ruim. Existem produtos específicos para isso, mas você também pode testar 1 xícara de vinagre branco no ciclo de lavagem normal (sem roupas).

5. Nos cabelos

Ok, é preciso desprendimento para colocar vinagre nos cabelos. Mas pense vem, ele não deixa as roupas com cheiro ruim, ajuda a reavivar as cores… Hmmm, parece boa ideia né?!
Eu já testei e aplicar algumas de vinagre misturado à água fria realmente deixa os fios com mais brilho e reforça o perfume do condicionador. Neste caso, prefira o vinagre de maçã.
Dizem que ele ajuda com a caspa, tentarei usar o marido como cobaia e depois conto para vocês!

Dicas extras

• Para a limpeza eu prefiro vinagre branco, para os cabelos é mais recomendável o de maçã;
• Guarde o vinagre de maça beeeeem fechado, descobri (do pior jeito) que aquelas mini-mosquinhas de frutas AMAM este vinagre;
• A maioria das receitas da internet recomenda o uso de uma xícara para lavar roupas. Testei em várias quantidades e descobri que 2 colheres de sopa são mais que suficientes. Quando você exagera na quantidade, acaba ficando um pouco de cheiro (argh).

Qual a sua receitinha caseira que realmente funciona?

abr 9, 2014
Tamy

5 dicas para comprar melhor

1. Se não ficou bem no manequim, dificilmente ficará bem em alguém que se mexe

anigif_enhanced-22015-1394737070-11

Você já parou para observar os manequins das lojas? Eles estão lá, parados em poses indefectíveis com suas medidas perfeitas.  Nada sobra, nada falta.

Se mesmo assim uma peça não vestiu bem o manequim, dificilmente ela irá funcionar em uma pessoa de verdade.

2. Combina comigo?

Mesmo que você não tenha um estilo 100% definido, provavelmente conhece seus limites e aquilo que agrada ou não. E o que você compra deve estar dentro do seu estilo, senão as possibilidades de ficar encalhado ou acabar na sacola de doações são enormes.

Além de combinar com você, a nova aquisição deve combinar com as outras peças do seu armário. Tente imaginar ao menos 3 looks em que sua compra se encaixaria.

Um alerta de que estamos fazendo uma compra perigosa é quando, além de estar ousando na escolha, ainda serão necessárias novas roupas/acessórios para combinar com ela. Isso é ruim? Nem sempre, afinal existem ocasiões especiais em que queremos ousar. Vale refletir se é esta é uma delas.

3. Vale o investimento?

Em tempos de fast fashions com regatas a R$8, é comum achar que “está muito barato” e sair comprando loucamente. Mas será este o melhor investimento?

Existem 2 fatores a se considerar:
• O quanto eu vou usar?
• Por quanto tempo eu vou usar?

Por exemplo, no ano passado tivemos a febre das calças com listras p&b. Haviam calças listradas de R$30 e calças listradas de $600. Pelas vitrines e o apelo em cima das listras, ficava claro que a moda duraria pouco. Neste caso, a melhor opção seria comprar a peça que veste melhor pelo menor preço.

Já um blazer bem cortado, com bom tecido e que vista bem pode custar um pouco mais caro, mas irá lhe acompanhar por muito mais tempo. Dependendo do modelo, é possível que ele veja até a volta triunfante da calça listrada (anos e anos depois). Permita-se gastar um pouco mais em peças que irão fazer a diferença e terão maior durabilidade. Afinal, algumas peças baratinhas estragam com 2 ou 3 lavagens e você não quer que isso aconteça com algo que você adora.

4. Tenho algo parecido?

Essa é para quem tem o armário da Mônica, cheio de vestidos que caem bem, com uma cor que favorece o visual. O problema é que parece estar vestindo a mesma coisa todos os dias.

Algumas vezes a gente gosta tanto de uma peça que acaba comprando várias parecidas e só se dá conta ao chegar em casa. Para evitar o armário da Mônica, procure pensar se já tem algo parecido.

5. Bora experimentar!

Provar roupas é sempre uma boa opção. Você descobre que aquela calça cara que você estava tentada a comprar veste mal ou que o casaquinho rejeitado na promoção é maravilhoso.

Pessoas tem corpos diferentes, por isso é preciso experimentar e avaliar sobre a possível aquisição. A roupa que ficou linda na sua amiga ou na sua blogueira favorita pode ficar feia em você (e vice-versa!).

Meu truque para economizar tempo é levar vários tamanhos para o provador quando não tenho certeza sobre qual vestirá melhor. Também gosto de levar possíveis combinações e imaginar como funcionará no meu armário.

Se você não tem tempo para provar, não compre. E deixe a preguiça de lado, afinal, é seu suado dinheirinho que será gasto.

abr 3, 2014
Tamy

15 maneiras de amarrar seu tênis

Quando meu novo Converse + Isolda chegou, a primeira coisa que fiz foi colocar os cadarços e calçar. O problema é que a tradicional amarração cruzada escondia a estampa e ela é bonita demais para não aparecer.

Então pesquisei algumas amarrações diferentes e encontrei estes guias rápidos que podem parecer um pouco difíceis, mas no final dão um resultado interessante. São 15 maneiras diferentes de amarrar seu tênis.

Eu escolhi o modelo E, mas ao invés de deixar o laço para o lado de dentro, preferi deixar para fora. O resultado é charmoso e a estampa fica bem visível.

Fica a dica para quem quer inovar no jeito de amarrar o sapato 🙂

 

Páginas:«1234567...15»

publicidade

Histórico de posts