Browsing articles in "Beleza e saúde"
ago 12, 2015
Tamy

Vagina, essa ilustre desconhecida

Quando o assunto é a intimidade feminina, “perseguida” é o melhor termo paraa genitália feminina.

Ela é depilada a zero com cera quente, esmagada em peças minúsculas de tecidos derivados de petróleo que não permitem que a região respire, sufocada com protetores diários (que servem para tudo menos proteger), borrifada com perfumes e como se isso não fosse suficiente ainda recebe nomes tão terríveis que prefiro nem citar. A pobre vagina é realmente perseguida.

Com o advento da internet o esperado seria que as mulheres – principalmente as novas gerações – descobrissem seus corpos e compreendessem como funcionam. Mas a internet ajudou a propagar ainda mais a ideia de que o corpo da mulher é sujo e precisa de uma gama enorme de produtos para ficar “limpinho”: protetores diários, creminhos, lencinhos, vários tipos de depilação e até perfume. Isso sem falar nos absorventes tradicionais que são defendidos com unhas e dentes por algumas mulheres que fazem piadas e rotulam de “porcas” as adeptas dos coletores menstruais.

Fico triste em ver formadoras de opinião propagando essa ideia equivocada de que o corpo feminino é sujo e me pergunto se fazem isso apenas pelo dinheiro ou se realmente compartilham desse pensamento retrógrado de que o corpo da mulher é nojento. Isso lembra a mãe de Carrie, interpretada por Julianne Moore, na versão 2013 de “Carrie a estranha“. O comportamento de Margaret é exagerado, mas não somos um pouco assim? Nos desconhecemos tanto, nos reprimimos tanto que não sabemos interpretar os sinais que o corpo dá.

A natureza é perfeita, os pelos pubianos estão lá por um motivo (e quem já tentou fazer xixi sem eles sabe qual é), a flora vaginal e seu odor característico protegem o corpo de infecções, o fluxo menstrual praticamente não tem cheiro quando não está retido em um pedaço de plástico que sufoca a pele. Quem acha tudo isso nojento deveria repensar o assunto pois terá que conviver com tudo isso de alguma maneira. Por que não tornar a experiência positiva?

Por que nos sentimos confortáveis com a hiperssexualização, com a pornografia e outras situações degradantes para a mulher, mas questões naturais – como a menstruação – causam desconforto a ponto de criarmos termos para não falar diretamente do assunto: “estou naqueles dias”.

“Homens não gostam de mulheres sujas”, defenderia alguém. Nós também não gostamos quando eles vão acampar e ficam 2 dias sem tomar banho, não apreciamos o odor da bolsa com o material do futebol e tampouco vibramos com o cheirinho do colega de academia . Homens podem ser “sujinhos”, mas suas mulheres precisam ter cheiro de lavanda, brisa do mar ou flores do campo. Afinal nossos corpos devem servir ao outro ou a nós mesmas?

Em pleno século XXI, ano 2015, ainda há mulheres que acham suas vaginas nojentas. Não está na hora de começarmos a nos aceitar? A autoestima agradece.

ago 10, 2015
Tamy

Vídeo: (quase) Tudo sobre o coletor menstrual

Vamos falar de menstruação? Nada de nojo! O coletor menstrual mudou minha vida e pode fazer a sua mais feliz 🙂 Dê uma chance ao copinho e veja no vídeo como ele funciona!

Além do vídeo, tem um post lindão aqui. E uma matéria bacanérrima na revista Necessaire sobre o coletor menstrual com depoimentos de quem usa (tem eu lá :D). A autoria é da querida Cris Marques que é leitora do blog.

Tem dúvidas? Quer compartilhar sua experiência? Deixe seu comentário!

jul 29, 2015
Tamy

Vídeo: minha experiência com lentes de contato

Os vídeos estão de volta e dessa vez eu conto um pouco sobre minha experiência com o uso de lentes de contato. Que cuidados tomar? Como limpar? Como fazer na hora de aplicar e tirar a maquiagem? E um pouquinho do que aprendi nesses 17 anos de uso das lentes.

Dúvidas? Sugestões? Deixe seu comentário 🙂 <3

jul 14, 2015
Tamy

Minha experiência com Roacutan / isotretinoína – 2 meses

Terminei de tomar mais uma cartela de Roacutan / isotretinoína e assim encerrei mais um mês de tratamento. Como meu tratamento inicial recomendado era de 4 meses, agora estou partindo para a segunda fase.

Veja os posts anteriores para conferir as fotos do início do tratamento:

• Minha experiência com Roacutan / isotretinoína – 15 dias – início
• Minha experiência com Roacutan / isotretinoína – 1 mês

Os resultados e os efeitos colaterais estão mais visíveis. Vamos conferir nas fotos. Vale dizer que estou com delineador e máscara, mas sem produtos na pele (só protetor solar).

Resultado – 2 meses de uso Roacutan / isotretinoína

roacutan isotretinoína

Nesse último mês de tratamento só tive uma espinha das grandes e nem foi tão grande assim. Atualmente estou sem nenhuma lesão, essas marcas que aparecem na foto são lesões antigas que estão cicatrizando.

Os cravos sumiram. Aqueles que afloravam das bochechas desapareceram, sobraram apenas uns poucos no nariz e eu fico me segurando para não apertar porque eles saem com muita facilidade. Antes do tratamento eu tinha zilhões de cravos no nariz que não saiam de jeito algum.

Essa foto de pertinho mostra bem como está a pele: limpa e sem oleosidade. Os poros ainda estão um pouco abertos, mas bem menores que no mês passado.

Por falar em oleosidade, ela não existe mais. Aplico maquiagem de manhã cedo e quando vou tirar, por volta das 23h, ela ainda está intacta.

A caspa – problema que eu tenho desde sempre – também acabou. Perguntei ao médico se tem relação e ele disse que sim. Meu cabelo está mais seco que o habitual, mas não se pode ter tudo 😛

Efeitos colaterais – 2 meses

Estava tomando 20mg/dia de Roacutan / isotretinoína (agora já consigo até pronunciar o nome sem tropeçar!) e como disse no post anterior, os exames estavam normais até aqui.

Os próximos exames serão só em agosto. Mas os efeitos colaterais se intensificaram um pouco no último mês.

O ressecamento dos lábios segue firme e forte, a única coisa que resolve é Bepantol labial. Um dia desses eu perdi a bisnaguinha e usei o comum, meu lábio abriu e sangrou poucas horas depois. O nariz continua ressecando, mas está sangrando menos que antes. Nada assustador ou fora do comum.

As dores no corpo e o cansaço aumentaram e estão prejudicando minhas idas à academia. As dores nas articulações pioraram bastante. A pior delas é na ATM (mandíbula) pois eu tenho problema e faço tratamento.

Possivelmente por causa do cansaço e das dores eu não ando com o melhor humor do mundo. O marido reclamou um pouco, então estou me policiando. Os amigos mais próximos perceberam que eu mudei de 220V para 110V, ainda elétrica, mas um pouco menos 😛

Um sintoma que piorou muito foi a sensibilidade da pele, principalmente das mãos. As pontas dos dedos estão constantemente descascando e qualquer batida acaba em um corte/hematoma.

Entrando no terceiro mês

No terceiro mês de tratamento minha dose dobrou e irei tomar 20mg em um dia e 40mg no outro, intercalando os dias. No final do mês farei os exames novamente e a ideia é seguir assim até setembro quando irei encerrar.

Apesar de ter poucas lesões, o médico alertou que eu ainda terei acne no período menstrual e a ideia é “zerar” tudo isso.

Eu não levava muita fé em “zerar” no início do tratamento, mas depois de olhar as fotos do primeiro mês, acredito que é possível.

Quem tiver dúvidas ou sugestões, pode deixar nos comentários. Os outros posts estão ali embaixo e em agosto eu volto para continuar com a saga do Roacutan. 🙂

• Minha experiência com Roacutan / isotretinoína – 15 dias – início
• Minha experiência com Roacutan / isotretinoína – 1 mês

jun 22, 2015
Tamy

Minha experiência com Roacutan / isotretinoína – 1 mês

O primeiro mês com Roacutan / isotretinoína passou e com ele boa parte do receio com o tratamento foi embora. Assim como muitas espinhas/cravos e oleosidade.

Fiz exames de sangue e urina para verificar colesterol e outros itens que podem ser afetados com o uso do medicamento, mas os resultados foram normais. Por isso continuei com a mesma dosagem ( 20mg/dia).

O dermatologista comentou que eu iria encontrar preços que variam entre R$50 e R$150 a caixa para 30 dias, então o ideal seria pesquisar. Comprei a da Valeant na Panvel por R$49. 🙂

Resultados 1 mês

Depois de um mês de tratamento, as espinhas do couro cabeludo e do corpo desapareceram completamente. Ainda tive 3 nódulos: 2 no queixo e um no pescoço (apontei com a seta a cicatriz), mas foram menores e secaram mais rápido.

Ainda restaram algumas espinhas e muitas cicatrizes avermelhadas que – espero – vão sumir em breve.

Os efeitos que tive no início como dores nas articulações e de cabeça melhoraram bastante. O ressecamento também diminuiu, olha como a boca tá inteirinha 😛

Uma coisa curiosa foi o aparecimento repentino de cravos onde eles nunca existiram, como nas bochechas. Eles são tão pequenos que não dá para ver, mas sinto a textura. Isso acontece porque o sebo está sendo expulso. Onde o processo já terminou a pele ficou bem lisinha (na testa por exemplo).

Essa foto maior mostra como boa parte dos poros já está menor e não tem cravos visíveis. As bochechas estão um pouco ressecadas e com o frio a pele arde bastante.

Falando em arder, a pele das mãos ficou muito sensível. As pontas dos dedos estão descascando e qualquer batida abre um corte. =/

E a oleosidade?

Sumiu! Não tem mais oleosidade nesse corpinho que vos fala. Meu cabelo está tão seco que eu poderia ficar uma semana sem lavar.

A pele do rosto ficou ótima. Lavo de manhã, passo protetor, hidratante e maquiagem. Quando vou retirar no final da noite, parece que acabei de aplicar. Está tudo ali! Base, lápis, tudo! Isso nunca me aconteceu, minha make sempre derreteu ao longo do dia 🙁

Com a pele melhor, estou usando menos maquiagem. Dependendo do dia, uso só um corretivo e um pó de leve. Isso é ótimo pois sempre tive que fazer camadas nas épocas de crise.

Viu o post anterior?

Se você não leu o post anterior, vale a pena dar uma olhadinha e ver como era a pele antes do tratamento.

Quem quiser compartilhar histórias ou tirar dúvidas, fique à vontade nos comentários :*

Páginas:«1234567»

publicidade

Histórico de posts