Browsing articles in "Animais"
maio 14, 2013
Tamy

Almofadas com seu melhor amigo

A Chica Bolacha, loja que eu adoro e que apresentei neste post, tem uma linha de decoração e alguns itens são vendidos também na loja online. A linha de almofadas é incrível e tem para (quase) todos os gostos, com estampas inspiradas em filmes, música e arte. Hoje selecionei a linha “bichos” que adoro!

O bulldoguinho também é estampa de um casaco e se tudo der certo – e meus pedidos forem atendidos 😛 – vai virar um vestido. O schnauzer vocês já conhecem, pois tenho uma blusa com esta estampa. A novidade são os gatos e corujas, afinal as gateiras não poderiam ficar de fora.

Legal né?! Quer conhecer a linha toda? Confere lá na loja virtual da Chica Bolacha!

fev 7, 2013
Tamy

Ele pensa que é um carro

A Volkswagen contratou um cãozinho com problema de personalidade para promover o Golf. Ele pensa que é um carro e a gente morre com tanta fofura <3 nhóim!

dez 7, 2012
Tamy

Vendas do bazar “De Repente” ajudam o Abrigo da Restinga

Em outubro, quando organizei o De Repente Bazar, falei que o valor arrecadado com a venda das Melissas seria destinado a ajudar animais de rua. E agora venho prestar contas sobre as vendas e o destino que dei ao dinheiro.

Vendi 13 pares de Melissa (lista aqui), totalizando R$665. Esse dinheiro já ajudou dois amigos peludos que precisavam de ajuda com urgência.

Esse é o Tobias, ele foi resgatado com 2 meses de idade e a mandíbula fraturada, provavelmente porque alguém sem coração chutou a boca do pobrezinho. Ele não conseguia fechar a boquinha e era alimentado por seringa. O Tobias passou por uma cirurgia, ficou (mais) lindo e agora tem uma dona que o ama muito. Sua cirurgia custou R$300 (veja nota fiscal aqui) e eu doei os R$80 que estavam faltando.

Essa cadelinha foi acorrentada a um poste e deixada lá… ela chorava e estava com as tetinhas cheias de leite. A Lenita, mesma protetora que resgatou o Tobias, conseguiu um dono para a pequenina mas ele só a aceitaria se estivesse castrada. A castração custou R$100 (nota aqui) e foi paga com o dinheiro das Melissas.

O restante do dinheiro (R$485) será doado ao Abrigo da Restinga, garantindo alguns dias de ração. Pois nesta época do ano, muita gente se preocupa em ter a mesa farta e poucos lembram dos que não tem a mesma sorte, inclusive nossos amigos de quatro patas. Este abrigo tem mais de 120 animais que precisam comer todos os dias. Portanto se você procura um amigo, adote! Se sua cota de animais já foi atingida – como a minha – você pode contribuir mensalmente ou enviar suas doações (veja como aqui).

Animais também passam fome durante as férias e as festas de final de ano, sabia?

Quero agradecer à todas que compraram e ajudaram a causa dos animais. Vou continuar contribuindo mensalmente para a alimentação destes bichinhos (se você quiser, também pode ajudar, veja como).

Sem dúvida, aí na sua cidade existem abrigos que – como o da Restinga – precisam de ajuda. Há animais abandonados e maltratados, com fome e doenças em todos os lugares. Você pode ajudá-los de várias maneiras, fechar os olhos e fingir que nada acontece é que não ajuda.

Aproveito para alertar sobre compartilhamentos no Facebook. Tome cuidado! Verifique se de fato aquilo está acontecendo, se é de procedência confiável para não cometer injustiças. Antes de rechear a timeline dos outros com imagens terríveis de animais maltratados, reflita se isso vai acrescentar algo a você, aos seus amigos e ao bichinho. Muitas vezes é melhor uma ajuda silenciosa do que contaminar a todos com um sentimento de revolta com o mundo. Vejo fotos de casos de 2007 que são compartilhadas como se fossem recentes, a sensação que tenho é que alguém começa a re-compartilhar aquelas imagens só pelo gosto de ver sangue por todo lugar.

Os animais precisam de atitudes, não de revolta. Pense nisso e Feliz Natal!

set 25, 2012
Tamy

Amor do dia: um Instagram de arrancar suspiros

Tenho dificuldades para dormir e o Instagram sempre é meu companheiro enquanto o sono não chega. Gosto de ver como se vestem as pessoas de outros países, ter ideias para novos pratos e sonhar em conhecer os lugares incríveis que são postados (hahaha sou uma pobre sonhadora, ok?!).

Em uma noite qualquer, entre praias paradisíacas na Grécia e looks de coreanas magérrimas, encontrei um cachorro fofo. E eu A-M-O cachorros, sobretudo os fofos. 😀

Por isso resolvi compartilhar um Instagram fofíssimo, o Puppy Palace! As pessoas enviam fotos de seus filhotes, o Puppy Palace compartilha e a Tamy  dá gritinhos histéricos. Vale a pena conferir @puppypalace 🙂

abr 19, 2012
Tamy

Você sabia que seu pet pode doar sangue?

Doar sangue é doar vida e para algumas pessoas significa também a esperança de ver seu melhor amigo recuperado. Já falei bastante sobre doação de sangue, da qual sou adepta e entusiasta. Mas você sabia que cães e gatos também podem doar sangue e que a vida de muitos animaizinhos depende disso?

Infelizmente poucos donos sabem que seus animais podem doar sangue e ajudar a tratar bichinhos que sofreram acidentes, lesões, traumas, cirurgias, doenças causadas por carrapatos, anemias e tumores. Acabam descobrindo a transfusão quando seus pets passam por alguma emergência e então enfrentam as dificuldades para conseguir sangue. O Hospital Veterinário da Universidade de SP (USP), um dos principais do país, chega a passar meses sem nenhuma doação.

Além de ser um ato de amor, a doação tem algumas vantagens: assim como nos humanos, o candidato a doador recebe um checkup e alguns exames para comprovar sua saúde, o que já ajuda na economia dos “pais” não é? Outro ponto positivo é que para facilitar a vida dos donos e evitar estresse dos bichinhos, clínicas como o Hemopet no Rio de Janeiro, fazem a coleta na casa do futuro doador.

Gatos também podem doar sangue, mas a situação é mais delicada e não há coleta como com os dogs. As transfusões devem ser feitas diretamente de felino pra felino.

Como descobrir se meu pet pode doar sangue?

Pré-requisitos para que seu cãozinho possa doar sangue:
• Peso mínimo: 27 kg
• Idade: 1 a 8 anos
• Vacinação e vermifugação em dia
• Não pode ser portador de doenças crônicas
• Estar clinicamente saudável
• Temperamento dócil

Pré-requisitos para que seu gatinho possa doar sangue:
• Peso mínimo: 4,5 kg
• Idade: 1 a 8 anos
• Vacinação e vermifugação em dia
• Não pode ser portador de doenças crônicas
• Estar clinicamente saudável
• Temperamento dócil

Mais informações

Você encontra mais informações sobre a doação de sangue para pets no site Mobilização para o Bem, que aliás traz ótimas dicas e leituras. Vai lá!

Páginas:«1234»

publicidade

Histórico de posts